Movimento Internet Livre

A internet nasceu para ser livre e tem que ser agora! Conquistamos este direito, saiba mais sobre o projeto.

Faça Parte

Campanha

Confira abaixo todo o material de campanha do Deputado Mano Changes, ou clique ao lado para fazer o download do material completo.
Download Completo

Propostas

Por um Rio Grande Presença
  • DIVERSIDADE
  • INFORMAÇÃO E CONECTIVIDADE
  • CARÁTER
  • EDUCAÇÃO POLÍTICA
  • CONSCIÊNCIA AMBIENTAL
  • SEGURANÇA PÚBLICA
  • SAÚDE PREVENTIVA
  • EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE
  • A DIFERENÇA
  • INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA
  • INDIGNAÇÃO

POR UM RIO GRANDE EM DIVERSIDADE

O preconceito é uma luta diária que não podemos esquecer. E como a educação começa em casa, a orientação dos pais é fundamental. Desde cedo é importante deixar claro que o mundo é feito por pessoas diferentes entre si e que precisam ser valorizadas pelo que elas são, independente da raça, gênero ou orientação sexual. Não podemos mais aceitar que o homem ganhe mais que a mulher apenas por ser homem, assim como não podemos julgar a orientação sexual de cada um por ela ser diferente da nossa. Estamos no século 21 e está nas mãos da nossa geração mudar este quadro extremamente atrasado.

POR UM RIO GRANDE EM INFORMAÇÃO E CONECTIVIDADE

Sempre lutei para que a internet seja para todos e, finalmente, consegui aprovar a PEC da Internet Livre, onde coloca na Constituição do RS que o acesso à informação através da rede mundial é um direito de todo cidadão gaúcho. Ou seja: a partir de agora a internet não vai ser apenas um negócio e sim uma política de inclusão social. Agora é lei, não tem mais volta, é um direito nosso. E como Deputado Federal pretendo estender esse direito a todos os brasileiros com a PEC da Internet Livre Nacional. Se não garantirmos aos nossos cidadãos o acesso irrestrito à informação, estaremos criando um abismo social sem precedência entre quem tem acesso à informação e quem não tem.

Vou criar o Adote uma Praça Digital. A ideia é incentivar a iniciativa privada a disponibilizar wi-fi livre em praças públicas e lugares de convívio social, como o Cais do Porto e a orla do Guaíba. Em troca, as marcas que fizerem esse investimento podem anunciar seus produtos no local. E vale lembrar que isso será possível apenas se esta marca fizer o mesmo em áreas menos favorecidas.

Sou o idealizador do Movimento Internet Livre, que luta pela inclusão digital. Também criamos um abaixo-assinado para garantir o direito à informação através da internet. Conheça e assine: www.movimentointernetlivre.com.br.

Quero propor um Projeto de Lei que obrigue o Estado a dar um computador em perfeitas condições para cada jovem que esteja estudando, desde que seja comprovado que ele pertença a uma família de baixa renda com frequência satisfatória e bons resultados na escola.

POR UM RIO GRANDE EM CARÁTER

Há 8 anos sou o Deputado que menos gasta e que mais abre mão de privilégios. Só em 2013 devolvemos quase R$ 400.000 para o Estado. Sou o único que não usa os R$ 10.000 por mês que tenho direito para manter meu veículo, uma grana suficiente para comprar um carro de luxo por ano. Também abro mão da gasolina de graça, aluguel de carro, envio de cartas, viagens e diárias, tudo isso sem deixar de fazer o meu trabalho bem feito. Tem gente que me acha meio babaca por agir dessa maneira, mas isso é compromisso com o dinheiro público e, para mim, é premissa de política feita com caráter.

POR UM RIO GRANDE MAIS LIGADO NO QUE ESTÁ ACONTECENDO

A reforma política começa com uma maior participação da sociedade fiscalizando e cobrando mais dos nossos políticos, por isso queremos criar uma disciplina de Educação Política. Já que no Brasil somos obrigados a votar, que também sejamos obrigados a entender como funciona tudo isso. Mais do que uma matéria de colégio, a Educação Política também vai contribuir para uma sociedade com mais consciência. Lutarei para acabar com o voto de legenda e com a reeleição ilimitada, simplificando o processo eleitoral do país. Desse jeito, os mais votados serão os representantes de fato, abrindo espaço para uma verdadeira renovação na política brasileira.

POR UM RIO GRANDE EM CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

Preservar o meio ambiente é viver o presente com olhar no futuro, por isso não podemos pensar em políticas públicas para a juventude sem pensar no desenvolvimento sustentável. Vou propor que o governo crie a Lei de Incentivo ao Meio Ambiente (LIMA), dando incentivo fiscal para quem busca a sustentabilidade e a educação ambiental. Se existe o incentivo à cultura e ao esporte, por que não podemos ter incentivo ao meio ambiente?

POR UM RIO GRANDE PROTEGIDO E SEGURO

A segurança pública não é uma questão impossível de resolver. Quando um político vai para TV e diz que segurança pública se faz apenas até a entrada dos presídios, ele está confessando que não tem capacidade para tratar do assunto. Tudo começa pela mudança nos presídios, que hoje são comandados pelo crime organizado e que não tem nenhuma efetividade na ressocialização. Não adianta prender nas ruas e transformá-los em sócios do crime dentro das prisões, pois é o cidadão de bem que paga essa conta depois. Hoje, o custo por apenado no Brasil é de quase R$ 3.000 por mês, ou seja, mais do que ganha um professor. Parece brincadeira, mas não é. Esse péssimo quadro só vai mudar quando a gente regionalizar os presídios para diminuir o controle do crime organizado, potencializando o trabalho na cadeia através de cursos profissionalizantes com benefícios aos presos que se dispuserem a trabalhar. Um apenado que se capacita para o trabalho terá mais chance de escolher um melhor caminho para a sua vida e tudo isso só poderá acontecer se fizermos parcerias público-privadas entre presídios e empresas, obviamente, com forte controle e a fiscalização do Estado. Por outro lado, é fundamental a valorização do agente público de segurança. É obrigação do Estado trabalhar a prevenção através de uma educação pública de qualidade e também é fundamental investir em tecnologia dentro dessa questão.

POR UM RIO GRANDE MAIS SAUDÁVEL

O Brasil é o país do remédio e não da prevenção. Temos que reverter essa ótica para melhorarmos imediatamente os resultados na saúde pública. A prevenção é o melhor remédio, por isso é necessário investir em tecnologia, digitalizar os postos de saúde e potencializar o teleagendamento para que o cidadão seja tratado com respeito e dignidade.

POR UM RIO GRANDE EM EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE

Na educação, vou lutar por tecnologia nas escolas e por educação integral. O ensino não pode ser chato e maçante, ele precisa ser cada vez mais dinâmico e inteligente. Vamos transformar o dia a dia das crianças no colégio oferecendo atividades extracurriculares que façam sua mente e corpo evoluírem através de ações que envolvam cultura e esporte. Assim como também não podemos pensar numa escola sem internet, sem computador e, principalmente, sem investimento constante no material humano mais importante que existe: o Professor. E por falar nisso, há 4 anos fui o único Deputado gaúcho que, mesmo sendo de situação, fiquei do lado dos professores e contra a Yeda na luta pelo piso nacional. O professor é a base do serviço público e, enquanto ele não for valorizado, nós não vamos mudar a educação do Brasil.

POR UM RIO GRANDE EM EMENDAS PARLAMENTARES QUE REALMENTE FAÇAM A DIFERENÇA

As pessoas não sabem a diferença entre um Deputado Estadual e Federal e não sabem que um Deputado Federal tem R$ 15 milhões por ano para investir em projetos, as chamadas Emendas Parlamentares, e que um Deputado Estadual não tem um centavo se quer. Pretendo usar essa verba para investir em tecnologia, seja na saúde, na educação ou na segurança, e fazer uma prestação online das contas usando a internet como uma ferramenta de transparência política.

POR UM RIO GRANDE EM INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA

Não tenho dúvidas de que esse é um dos principais problemas do Estado. Precisamos criar um grande pacto para melhorar nossa infraestrutura, pois não temos ferrovias, hidrovias e nossas estradas não levam a lugar algum. Com tudo isso, nosso custo de logística é um dos mais caros do mundo, cerca de 19% do PIB gaúcho, enquanto que países desenvolvidos como os EUA usam apenas 8% do seu PIB. Sai mais caro levar um container do interior do Estado ao porto de Rio Grande do que levar esse mesmo container do nosso porto até Xangai. Todos os partidos devem se unir e cobrar do Governo Federal, agregando SC e PR nessa ideia. Precisamos de mais investimentos na região sul, principalmente nas ferrovias e hidrovias, e modais muito mais baratos e eficientes. Se não fizermos isso, o custo-RS vai aumentar ainda mais e, cada vez mais, nossos gastos serão maiores.

POR UM RIO GRANDE INDIGNADO

A ideologia que administra o nosso país há 12 anos mostra um discurso revolucionário, mas que na prática só infla a máquina pública com cargo para os seus parceiros. Hoje, estamos cercados por um exército de cabos eleitorais pagos com nossos impostos e que tem como objetivo apenas fazer essa ideologia se perpetuar no poder. Imagina só: são 40 ministérios para acomodar muita gente e o preço disso é o desperdício do dinheiro publico e a falta de investimentos em políticas públicas necessárias para o crescimento do país. Não sou a favor nem de um Estado mínimo e nem de um Estado máximo, sou a favor de um Estado eficiente e responsável que tenha compromisso com o dinheiro público.

Ajude a Democracia

Preencha os campos abaixo e envie a sua sugestão para o Deputado Mano Changes, juntos podemos fazer toda a diferença. Venha fazer parte desta mudança.
Fale com o Mano

Changes Responde

Seu canal aberto com o Deputado Mano Changes, envie sua pergunta.
  • Tiago Faccio, perguntou:

    Changes responde? Que espaço é este?

  • Mano Changes, respondeu:

Envie sua pergunta

Contato

Entre em contato com nossa equipe.